AGORA VOCÊ VAI VENDER! SEO para negócios e Lojas Virtuais. [+TRÁFEGO +VENDAS] by: All Seo Marketing

Por Cristian Gonçalves

19 min de leitura

Agora é Hora de te ajudar!

Antes de iniciarmos, entenda! Você tem um problema, e eu posso te ajudar!

Você precisa VENDER MAIS, e eu já sei disso. Você está aqui para ler esse artigo de 20min de leitura.

99,8% dos negócios digitais iniciados em 2020/2021 em meio ao calor da pandemia como uma saída mais “fácil”, pecaram em 1 único aspecto;

PLANEJAMENTO E VENDAS.

Mas como bons profissionais da área, sabemos que não devemos olhar o problema, e sim a causa dele.

Em um negócio físico, SEU MAIOR ATIVO são pessoas, visitantes, que ao entrarem no seu estabelecimento, estão dispostos de alguma forma, a conhecer o seu produto/serviço, e se, de alguma forma, você solucionar o problema dessas pessoas, vendas vão acontecer. A quantidade vai variar, de acordo com a forma como você ou sua equipe irão abordar a venda.

Em um negócio digital não é diferente, seu maior ativo ainda são pessoas, mas aqui chamamos de tráfego, visitantes dentro do seu site, os mesmos que visitam a sua loja física, mas aqui, a venda acontece de uma forma diferente, mesmo que o princípio ainda seja o mesmo.

Solucionar um problema!

Vamos deixar claro que o processo de compra não se resume somente a visitantes dentro do seu site.

Existe um longo processo, mas com toda certeza, sem visitantes você não venderia nem de graça. Afinal de contas, ninguém pode comprar aquilo que nem sabe que existe.

O meio digital é o futuro! Queira você ou não, e espero MUITO que você queira, ou isso pode ser o fim do seu negócio em alguns anos.

Modelos de Negócios Digitais que irão se beneficiar com esse ebook.

Isso pode soar arrogante, corro o risco de você me achar um cara meio prepotente, mas é a verdade.

Neste EBOOK, falaremos sobre SEO/SEM (Search Engine Optimization, e Search Engine Marketing), uma estratégia há muito esquecida e menosprezada, mas que se feita de forma correta, pode te gerar um bom resultado, levando em consideração o custo x benefício para ser colocada em ação.

Usamos a MAIOR FERRAMENTA DE BUSCAS DO MUNDO, o Google. Você acredita que dá pra ficar milionário com ela? Depois a gente fala disso rs.

Para quem se destina esse EBOOK, quais negócios podem ser potencializados?

Já disse, TODOS os negócios conseguem se beneficiar com as informações contidas nesse ebook.

Se eu posso te dar algum exemplo? Claro!

  • Afiliados
  • E-commerce no geral
  • Blogs (Monetização através de espaços publicitários)
  • Prestadores de Serviço
  • Profissionais Liberais
  • Info-Produtores

Gabriel, bla bla bla, você só está querendo me vender o ebook bla bla bla…

Primeiro que você já comprou, e sim, eu queria mesmo que você comprasse. Foram investidos mais de 6 meses de um trabalho duro para afiar todas as informações e poder te entregar mais de 6 anos de estudo e testes.

Ao final dessa leitura, com toda certeza verá um oceano azul, cabe a você explorar ou não.

Vamos ao que interessa que nosso tempo está passando, e é o único ativo que não aceito perder.

Sumário

  • O que é SEO (conceito)
  • O que é SEO (para pessoas com pressa)
  • Buscas com Intenção
  • Para quais negócios SEO é indicado?
  • Quais os benefícios do SEO?
  • Só existem benefícios?
  • Como Algoritmo funciona?
  • SEO na prática!
  • – Planejamento
  • – Otimização Interna
  • – Otimização Externa.
  • Aprender SEO ou contratar algum profissional da área?
  • Com amor, aos céticos do digital: SEO não funciona!

O que é SEO?

Antes de explicarmos o que é SEO, precisamos explicar a lógica por trás dele.

  1. Você sabia que o Google é a maior ferramenta de busca do mundo?
  2. Você confia cegamente nos resultados de busca dele?

Quando você faz qualquer tipo de busca lá dentro, por exemplo: “pontos turísticos em X” você sabia que existem formas de você mesmo criar um site e ser posicionado em primeiro para quando alguém digita isso lá na caixa de busca?

Ou seja, você, uma empresa do ramo X, aparecendo em primeiro, para qualquer tipo de busca em que se prostar a ranquear um site?

Seja um serviço, um produto, uma ferramenta, uma dúvida. Qualquer coisa?

Você também sabia que existem formas de você saber quantas pessoas pesquisam aquela palavra?

Então se você for uma pessoa minimamente inteligente, conseguirá assimilar as informações e entender que:

  • Podemos analisar uma série de buscas diferentes sobre um assunto, produto ou serviço.
  • Analisar quantidade de tráfego potencial das palavras escolhidas.
  • Se posicionar nas primeiras classificações para aquelas buscas dentro do buscador (Google)
  • Direcionar esse tráfego para uma página de vendas/blog/site, rede social ou o que quiser?

OBS: Obviamente não é tão simples, apenas jogar tráfego em uma página de venda, não irá resolver todo o problema, você já começa ter resultados, mas ainda é muito pouco, pelo menos para mim sempre é.

Considero MUITO IMPORTANTE existir uma estratégia bem desenhada quanto a intenção de busca e momento do usuário, e forma como irá vender seu produto/serviço na internet. As pessoas não são robôs, ter tráfego não significa ter vendas, mas obviamente o contrário é verdadeiro.

Entenda as ferramentas de tráfego, mas muito importante também seria entender sobre vendas!

Um exemplo de estratégia básica:

  • Análise do Serviço/Produto
  • Análise de Público
  • Análise de dores e problemas que podem ser resolvidos com aquele produto/serviço
  • Divisão do “timing” do cliente (Percurso da venda)
  • Planejamento SEM
  • Criação de Páginas de Vendas e Conteúdos.
  • Análise de métricas e feedbacks
  • Reajustes técnicos

Isso seria uma estrutura básica de uma campanha de SEM.

INTENÇÃO DE BUSCA

Intenção de busca, seria nada mais que entender o que o usuário quer através do que ele está digitando. Por exemplo:

  • Adidas – 540.000 buscas mensais.
  • Tênis Adidas – 80.000 buscas mensais.
  • Tênis Adidas Cyberpunk – 5.290 buscas mensais.
  • Comprar tênis Adidas Cyberpunk – 770 buscas mensais.

Os resultados acima, não são exatos, apenas tomei essas palavras como exemplo.

A palavra ‘Adidas’, geralmente fãs da marca que buscam, que sempre estão de olho em novidades, simpatizantes da marca, buscas mais relacionadas a uma “curiosidade” mesmo, e nada mais relevante que lançamentos serem apresentados. Poderíamos também, montar páginas de venda com um foco mais visual, apresentando um modelo da adidas em específico (aqui estamos usando o modelo cyberpunk como exemplo), mostrando algumas figuras famosas usando, alguns digitais influencer’s, o feedback sobre o conforto e qualidade. O reconhecimento sobre o produto é o alvo aqui, somente isso.

O termo “Tênis Adidas’ já nos traz um público que sabe o que quer, mas ainda não sabe o modelo, então aqui, podemos continuar usando lading pages com infos do produto, um comparativo com alguns modelos inferiores ao em destaque, o custo benefício também costuma ajudar, estratégias de upsell (venda casada), talvez apresentar a categoria toda do site referente aos Tênis da Adidas que possuem estoque, isso tudo pode variar de acordo com a busca/nicho/público.

Já a palavra Tênis Adidas Cyberpunk, uma palavra bem específica, já traz o que quer, com um modelo específico, aqui podemos montar algumas páginas de vendas completas, sobre o produto, falando sobre a história por trás do tênis, o material, fotos do produto, feedbacks sobre o produto em si (não sobre a compra)

E por último, ao fundo do nosso funil, “comprar tênis adidas cyberpunk”, bom, aqui não preciso falar muito né, enviamos para a própria página do produto, com a página configurada com contatos rápidos para whats, feedbacks de clientes que já compraram (provas sociais), timer progressivo dentro da página de venda, um bom desconto com base em mais produtos, frete grátis e por ai vai.

E finalizamos tudo com remarketing configurado, apresentando uma ordem específica de anúncios, conteúdos e landing pages para quebra de objeções.

O segredo é SEMPRE haver mais prós do que contras na mente do cliente, isso é a venda.

O que é SEO para pessoas com pressa!

SEO: Search Engine Optimization (Otimização de sites para motores de busca)

SEM: Search Engine Marketing (Otimização de sites para estratégias de Marketing).

SEO é você entender todo esse conceito acima e SEM saber aplica-lo ao seu negócio.

O Google funciona com base em um algoritmo, podemos chamar isso de IA (inteligência artificial).

Ele analisa uma série de informações para entender qual site ele colocará em primeiro, e qual em último.

SEO é o trabalho de fazer com que o algoritmo entenda seu site melhor do que o de seus concorrentes.

SEM é o trabalho de analisar seu próprio mercado, público, as buscas que envolvem seu produto, as buscas que envolvem as dores e dúvidas do seu público, e saber através de algumas estratégias, potencializar suas chances de vendas.

Existem um pouco mais de 200 fatores, que o Google leva em consideração para saber em qual classificação seu site irá ficar.

Alguns desses fatores:

  • UX (experiência do usuário)
  • Velocidade do Site
  • Estrutura de Dados
  • Semântica HTML
  • Densidade da palavra-chave
  • Imagens
  • Meta tags
  • Tempo de permanência do usuário
  • Taxa de rejeição da página
  • Corpo do conteúdo (headings, H1, H2, H3…)
  • Quantidade de palavras
  • Url
  • Estrutura SILO (links internos)
  • Autoridade (métricas com base em backlinks)
  • Quantidade de urls em um domínio
  • Spam Score
  • Backlinks de qualidade
  • Sitemap.xml
  • Robots.txt
  • Integração de redes sociais
  • Branding SEO (quantidade de buscas pela marca)
  • Autoridade das páginas

E esses são os fatores inicias, que abrem discussão para subtópicos de otimização.

O mais engraçado, é que a própria ferramenta, não fala muito sobre quais são os fatores, mas a comunidade é curiosa, e com base em uma série de testes de usuários, acabamos identificando alguns desses fatores.

Sim eu também já apliquei meus próprios testes, mas isso é assunto pra outro ebook.

Entenda: O que são Buscas com intenção

As buscas acompanham uma intenção, é importante sabermos o que apresentar em cada momento da busca.

Sim, isso é possível, e nós fazemos diariamente esse trabalho.

Algumas ferramentas nos ajudam a fazer essas buscas, e saber o número aproximado de buscas de uma região:

O segredo é conhecer seu público, o que eles procuram, como procuram e estar lá quando eles procurarem.

De acordo com a forma que você escreve, os resultados no Google são alterados.

Ele funciona dessa forma, uma forma muito inteligente, e podemos usar isso a nosso favor, em nossas campanhas, para vender mais!

Imagina isso em um site, em grande escala? Isso te abre a mente para talvez:

  • Vender espaço publicitário
  • Vender o próprio site
  • Vender um serviço
  • Um produto

Sendo sincero aqui a criatividade ganha forma.

Eu mesmo fiz algo parecido com um blog, onde ranqueei para a palavra “Pontos turísticos na Argentina”, fiquei em primeiro, entrei em contato com as agências de viagem que ofereciam pacotes para argentina, e fechei uma parceria mensal, onde deixo anúncios deles, nesse conteúdo, e sou pago mensal, não é muito, mas 250,00 a mais por mês, no início, ajudava muito!

CHEGA, VAMOS FALAR DE SEO/SEM ENTÃO!

Para quais negócios SEO é indicado?

  • Negócios locais (Restaurantes, Bares, Clínicas, Salões)
  • Afiliados (Hotmart, Monetizze, Eduz, e etc…)
  • Blog Monetizados (plataformas de monetização por visualização e click)
  • Gestores de tráfego pago (A perna que faltava da gestão)
  • Lojas Virtuais (maiores consumidores de SEO do mercado)
  • Prestadores de Serviços no Geral
  • Qualquer pessoa que pense em começar a ganhar dinheiro com a internet

Negócios Locais: Existe uma estratégia que chamamos de SEO local, onde usamos a própria ferramenta de geolocalização do Google, para te colocar em primeiro para termos regionais. Para exemplificar vou usar uma cidade e algum tipo de prestação de serviço.

Exemplo:

Pegamos uma busca comum, a busca por restaurantes em uma cidade com um fluxo maior de pessoas.

Cerca de 817 palavras que fazem referência ao termo principal, que poderia ser usado para ter todo esse volume de tráfego: 3.900 pessoas mensalmente.

Aprenda, em um negócio, TUDO são números.

Quais os benefícios do SEO?

Aqui, gosto de separar os benefícios primários e secundários, ou seja, benefícios relevantes para seu negócio de forma direta, e indireta.

Primeiro eu listo os benefícios, depois eu te explico o porquê! 😊

Benefícios primários:

  • Aumento no tráfego do site
  • Aumento no faturamento devido a maior quantidade de vendas/contrações
  • Aumento da Visibilidade da Marca

Benefícios secundários:

  • Aumento no data-base da empresa (um empreendedor sabe que isso é CRUCIAL para seu negócio).
  • Aumento de informações de conversão para campanhas patrocinadas (+ inteligência para campanhas patrocinadas).
  • Prestar serviços em áreas correlacionadas a gestão de tráfego.

Só existem benefícios?

Agora será que vale a pena? Porque pera aí. Se é tão incrível assim, porque existe um mercado tão grande?

Será que realmente eu deva investir meu tempo, em uma estratégia que acabei de conhecer?

Olha, essas e outras perguntas podem ser respondidas de forma bem simples, TEMPO.

Isso mesmo, tempo!

Existe sim, um calcanhar de Aquiles dentro do SEO, o tempo médio para resultados.

SEO é um processo que trará resultados a médio e longo prazo, em alguns casos isolados, conseguimos resultados mais rápidos, entretanto, os resultados variam de acordo com nicho, produto, palavra escolhida, forma com que o site foi construído e mais alguns fatores que tem influência direta nos resultados.

Como se preparar para esse período inevitável?

Aprendemos a nos blindar desse problema, que sendo sincero, é MUITO grande para empresas iniciais. Investir 6 meses, sem um retorno expressivo, pode ser a ruína de uma empresa.

Como? Simples, complementamos a estratégia com parte do orçamento voltado a campanhas patrocinadas (anúncios).

Enquanto SEO começa ser trabalhado, nós vamos induzindo conversões dentro dos anúncios pagos, e vamos diminuindo gradativamente, calculando o ROI em cima do tráfego orgânico.

Ou seja:

Podemos dividir o orçamento em 50% ADS e 50% SEO. E reduzir gradativamente, mês a mês, o investimento em ADS, com base nos resultados orgânicos.

Mas de verdade? Não aconselho.

Investir em ADS nunca foi ruim! Estou somente apresentando uma estratégia complementar, o SEO!

Mas cara, qual o motivo da demora?

A maior parte dos profissionais da área, sabem a resposta, mas existe uma preguiça coletiva em querermos explicar. Entretanto, acabei de tomar meu café.

BORAAAAAAA!

Como o algoritmo funciona!?

FONTE: VOZES DA MINHA CABEÇA. [tô de onda rs].

Bom, precisamos lembrar que o Algoritmo do Google, nada mais é que a “inteligência artificial” de tudo isso, o “robô” criado pela Google.

Ele organiza as páginas e posições de cada site dentro do buscador, e é dentro dele, que existem os fatores de ranqueamento, que nada mais é que tudo aquilo que esse mesmo algoritmo leva em consideração para escolher o 1º colocado, e o último colocado.

Por esse motivo, sempre existem os testes, para entender como o algoritmo se porta com alterações intencionais em algumas partes da estrutura do site, páginas, conteúdos e afins.

Mas o motivo do SEO ser um processo demorado, está na relação de quantidade de vezes que é necessário o algoritmo passar dentro do seu site, para poder entender a página, avaliar seu conteúdo, te comparar com os concorrentes e te classificar.

Infelizmente o algoritmo tem um tempo limite de leitura por site, o que acaba deixando o processo mais demorado. Estipulamos que um projeto, para ter resultados sólidos, leve de 6 meses a 1 ano.

Óbvio que já descobrimos como diminuir esse tempo, em às vezes, 2 ou 3 meses, mas isso também é assunto pra outro Ebook kk.

Fatores de ranqueamento mais importantes

  • Tempo de vida do domínio
  • Hospedagem
  • Palavra-chave dentro do domínio
  • Conteúdo (quantidade de palavras + qualidade)
  • Densidade de palavra-chave por conteúdo
  • Estrutura de links internos (SILO)
  • Alt + Title (imagens)
  • Quantidade de palavras de um conteúdo
  • Estrutura de divisão de autoridade da Home
  • Meta tags (título, url, descrição)
  • Imagens quebradas
  • Links quebrados (error 404)
  • Página 404 personalizada
  • Erros de usabilidade (versão mobile do site)
  • Sitemap.xml
  • Robots.txt
  • Links externos
  • Ordem e variação das palavras-chaves dentro do texto
  • Headings (Títulos)
  • Estrutura de categorias
  • Velocidade do site
  • Estrutura de dados (schema.org)
  • UX geral do site
  • Bounce Hate (taxa de rejeição)
  • Branding (Busca pela marca)
  • Quantidade de páginas por usuário
  • Redirecionamento 301
  • Scripts
  • Tráfego (chega a ser piada kk)
  • Quantidade de conteúdos e páginas
  • Política de Privacidade e Política de Cookies (LGPD)
  • SSL
  • E-mail personalizado
  • Cadastro básico dentro de todas as ferramentas da Google + integração.
  • Ominichanel (mesmo que não sendo trabalhado, é importante ao menos a presença.)
  • Autoridade de página e domínio
  • Linkbuilding (backlinks)
  • Idade do conteúdo
  • Multimídia in-content

Esses seriam os principais identificados, com base em nossos testes, em sites pessoais que eu mesmo faço para levantar essas informações.

São mais de 7 anos de estudo e testes, ainda não é muito, mas já dá pra ter uma base ao menos.

SEO na prática, o que devemos nos atentar a fazer?

Bom esse tópico entraremos em partes mais práticas de todo o processo, ou seja, o que fazer, como fazer e porque fazer.

Obviamente não conseguimos passar 6/7 anos de trabalho, em 25 páginas de um Ebook, mas espero que de verdade você procure saber um pouco mais sobre o trabalho em si, talvez seja isso que esteja faltando ai!

SEO é subdividido em 2 partes

SEO on-page: Otimizações internas, tudo aquilo que é feito dentro do seu site, para melhorar os resultados nas buscas do Google.

Exemplo: Melhoria de velocidade, layout, UX, estrutura de dados, semântica HTML, versão mobile e afins.

SEO off-page: Como o próprio nome já diz, o off-page, é feito fora da página, ou seja, fora do site, são ações externas que influenciam o resultado de forma direta.

Exemplo: Aqui, tudo se resume a backlinks. Links de outros sites, apontando para seu site, mas cuidado, existe a maneira correta de ser feito!

OBS: Uma verdade universal, que é meio confusa até, é de que 70% do seu resultado dentro do Google vem da sua autoridade, a sua autoridade é construída através de backlinks (contextuais, com conteúdo de qualidade, de sites sem spam, do mesmo nicho que o seu).

Ou seja, pela lógica, se você esquecer o on-page, para economizar tempo/recurso, e correr para o off-page, já vai ter resultados certo?

ERRADO!

É extremamente necessário que a estrutura interna, mesmo que representando somente 30% do seu resultado, seja feita de forma perfeita.

Aqui é um jogo, ganha quem se atentar a mais fatores.

E como são feitos os processos de um trabalho de SEO?

Aqui, vou deixar um modelo particular de trabalho, que nós da All Seo Marketing, usamos diariamente, enquanto analisamos a entrada de projetos em nossa base de clientes.

Cara, eu não quero te vender nada, esqueci de te dizer isso até aqui kk. É que realmente eu não estava preocupado com isso.

Meu nome é Gabriel, sou o founder da All Seo, atuo no digital a praticamente 7 anos, não sou nenhum guru, pelo contrário, aprendo diariamente, tenho metas de quantidade de cursos a serem vistos anualmente sobre determinado assunto, tenho apenas 25 anos.

Mas, tenho um conhecimento razoável sobre o mercado digital, possuo lojas de dropshipping, a agência, projetos com afiliação que rodam no “semi-automático”, aspirante a investidor e possuo uma rede de blogs que me geram receita através do Adsense, do próprio Google.

Dinheiro não é o problema, óbvio que quanto mais melhor, e com certeza seu lead é importante para mim, porque vou criar variações do seu perfil, que possui um certo interesse nesse assunto, encontrar mais pessoas, de uma maneira mais barata, e vender os próximos ebook’s para mais pessoas, por menos $$.

Mas ainda assim, não consigo ver motivos para isso tudo ser SÓ pelo dinheiro.

Credo, até parece um guru.

Bom vamos ao nosso modelo de trabalho!

Projeto de SEO em 3 etapas (Planejamento, OTM Interna, OTM externa)

Planejamento, Otimização interna e Otimização externa.

Básico. Funciona. É o necessário.

Planejamento: Aqui, precisamos entender o negócio do nosso futuro cliente, entender quais públicos podem ser abordados, dificuldade geral do nicho, dificuldade das principais palavras-chaves que acionam produto e/ou serviço, análise de otimização atual do site, análise dos 10 principais concorrentes (rola muito um benchmark aqui), análise de quantidade de páginas a serem criadas, ou refeitas, estratégias de inbound marketing.

Precisamos aplicar toda a lógica do ebook, em um projeto, e geralmente essas são as informações necessárias.

O planejamento nos serve como um guia, quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve.

Otimização interna: Com base na análise de palavras-chaves, otimização atual e páginas e conteúdos a serem criados, temos já os pontos de um site a serem otimizados.

Otimização externa: Com base no planejamento, sabemos a média da quantidade de backlinks que serão criados, quais estratégias de backlinks (existem vários tipos), quais as melhores palavras-chaves a serem ranqueadas primeiro, quantos conteúdos serão criados e por aí vai…

Aprender SEO ou contratar um Profissional da Area?

Cara, relativo.

Sim, isso mesmo, tudo depende, a resposta varia de acordo com quem está lendo.

Como eu vou te falar que seria aprender SEO, se você possui uma agenda lotada, seu dia é cheio de afazeres dentro da sua própria loja ou negócio, precisa de tempo com a família, ver seu filho(a) crescendo, passar um tempo com sua esposa, ou só realmente não tem interesse em usar o SEO ativamente de forma prática (você mesmo atuando na linha de frente)?

Eu não falo. Por esse motivo existem profissionais da área, suprir essa necessidade. Não é porque você não vai aprender, que não pode usufruir.

Agora, quando aprender SEO?

Acredito que os maiores porquês sejam:

  • Prestar serviço para uma renda extra
  • Prestar serviço como um profissional da área
  • Aumentar sua grade de skills digitais (IMPORTANTE)
  • Cortar o custo operacional da otimização
  • Falta de budget para início com trabalho

Nestes casos acima, apoio e muito!

Só uma pequena observação, quando comecei aprender SEO, trocava a geolocalização do meu buscador, e consumia conteúdos de fora, EUA e ES são as SERPs (páginas) mais concorridas do Google, onde realmente existem profissionais fudidos de bons atuando, foi lá que buscava informações, estratégias, conhecimento no geral sabe?

Recomendo que façam o mesmo!

Quando contratar um Profissional de SEO?

Quando tudo acima, não fizer sentido para você, ao contrário do que muitos pensam, contratar um profissional te poupa MUITO tempo, tempo esse que poderia ser aproveitado por você, de outras formas.

Com amor, aos céticos do digital: SEO não funciona!


Publicado em 11 jan 2022

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *